Topo Ir para conteúdo

Prevenção e Sensibilização

As sociedades contemporâneas, enquanto “sociedades de risco”, exigem dos cidadãos novas competências pessoais, fundadoras de uma cidadania mais ativa, participada e informada, que deve ser promovida e adquirida desde o início do percurso escolar.

As estratégias propostas na Recomendação sobre Educação para o Risco (Recomendação nº5/2011, de 20 de Outubro de 2011), elaborada pelo Conselho Nacional de Educação, centram-se na Escola, envolvendo também a família e a comunidade, parceiros como as autarquias, museus, media, entidades específicas como a ANPC, abrangendo o ensino formal e não formal e a educação ao longo da vida com o objetivo de promover uma cultura de escola que integre os riscos e a sua prevenção/preparação, fomente a informação em diferentes suportes e promova a formação de educadores e professores.

Nesse sentido, e reunindo projetos dirigidos à comunidade educativa, disponibiliza-se um conjunto de recursos de natureza pedagógica sobre riscos naturais e tecnológicos, respetivas medidas de preparação, prevenção e autoproteção, a desenvolver em ambiente escolar, no contexto da comunidade e dos riscos e vulnerabilidades locais. (Fonte: ANPC)

Anterior
1
...
Seguinte